Metal na Lata

Symphony Towers desbrava o Heavy/Power Metal com versatilidade em seu quinto e novo álbum “Isolation”

foto_03
Compartilhe

Symphony Towers desbrava o Heavy/Power Metal com versatilidade em seu quinto e novo álbum “Isolation”

A one-man band de Heavy/Melodic Power Metal Symphony Towers, que teve seu início na pitoresca cidade gaúcha de Torres em março de 2017, mas hoje radicada em Bangkok, na Tailândia e liderada pelo multi-instrumentista Janilson Quadros, lançou no dia 25 de outubro em todas plataformas digitais de streaming seu quinto trabalho, o aguardado álbum intitulado “Isolation”.

“Isolation” apresenta um cativante conjunto de seis faixas que mergulham profundamente na temática do isolamento, explorando as nuances desse estado, muitas vezes provocador de sentimentos ambíguos e adversos.

Assista ao Lyric Video de “War, Religion and Hell”, primeiro single, em https://youtu.be/wHkr2ba4T_w

As letras do álbum exploram uma ampla gama de temas, desde a busca pela realização de sonhos até a solidão, tristeza, a infinita procura por fé e alívio, guerras e conflitos relacionados à religião, e a uma conexão com uma entidade religiosa superior, ou seja, representam a busca por inspiração na continuidade da vida, mesmo quando isso implica enfrentar emoções conflitantes.

Com a primorosa produção de Roger Fingle (conhecido por seu trabalho em no Blood Tears e Seduced By Suicide), “Isolation” habilmente demonstra a capacidade do projeto de manter sua distinta identidade musical, elevando-a a um nível de excelência que certamente encantará os ouvidos dos fãs do gênero, graças às camadas épicas e elementos progressivos incorporados.

Ouça “Isolation” em https://onerpm.link/367400323098

Gravado por Janilson Quadros, em seu Home Studio, em Bangkok, Tailândia.
Mixagem e Masterização por Roger Fingle (Blood Tears, Seduced by Suicide) no Estúdio Nitro, em Caxias do Sul/RS.
Arte de capa por Mario Candiota

Janilson Quadros compartilha suas reflexões sobre o novo álbum: “A criação deste disco representou um desafio significativo, pois demandava a preservação do nosso estilo característico dos álbuns anteriores, ao mesmo tempo em que buscávamos evoluir musicalmente, incorporando elementos de Power metal. No entanto, ao concluí-lo, acredito que alcançamos um equilíbrio notável, entregando um trabalho que se revela cativante e envolvente para os ouvintes.”

Mais sobre o SYMPHONY TOWERS:

A trajetória da banda foi uma jornada marcada por desafios e mudanças constantes nas formações, mas em todos os momentos manteve-se firme ao compromisso inabalável com a sua arte lançando o EP de estreia, “Time, Life and Death”, em 2017.

Sob a liderança solo do vocalista e multi-instrumentista Janilson Quadros, atualmente residindo em Bangkok, Tailândia, a banda/projeto continua a conquistar uma base sólida de seguidores desde seus primórdios. Essa fidelidade é fruto de sua sonoridade contagiante, uma fusão híbrida de Heavy Metal clássico e Power Metal, enriquecida com nuances do Prog Metal, em uma abordagem influenciada por bandas notáveis como Judas PriestHelloweenIron MaidenAngraNightwishStratovariusWithin Temptation e Theocracy.

Em 2020, após Janilson assumir a liderança como um projeto solo, foi lançando na sequência “Scars of Mankind” (EP/2020), “Fate Within the Shadows” (Álbum/2021), “Lost in Somewhere” (Álbum/2022) e, agora, o mais recente álbum “Isolation” (2023), sempre demonstrando uma notável evolução musical e refletindo a sua paixão pela criação de músicas envolventes e a determinação em continuar aprimorando sua versatilidade como músico e compositor do estilo. 

SYMPHONY TOWERS nas redes:

https://sptfy.com/symphony_towers
https://www.instagram.com/symphonytowersofficial
https://www.youtube.com/@symphonytowers3148

Assessoria de Imprensa: JZ Press (@jzpressassessoria)

Compartilhe
Assuntos

Veja também