Metal na Lata

Centauro – “Daño Colateral” (2018)

40248473_1165375800269369_7038836212798324736_n
Compartilhe


Centauro
 – “Daño Colateral” (2018)

Independente
#ThrashMetal

Para fãs de: HavokDeath Angel

Nota: 9,0

Como é bom sermos surpreendidos positivamente com um álbum tão bem feito e de forma independente. O Centauro é uma banda relativamente nova, prestes a completar 10 anos de estrada, e já tem 3 álbuns e um EP em sua curta, porém consistente discografia. Realmente, esses mexicanos detonam!

Quase que de forma universal, as bandas preferem letras em inglês, porém os caras optam por cantar em sua língua, dando um charme ainda maior a esse ótimo lançamento, digno de ser apreciado pelos fãs das mais diversas vertentes da música extrema. Aqui há espaço para Thrash, Death, Hardcore, tudo muito bem produzido. O timbre vocal de Iván Garcia é um item a parte, pois o cara consegue colocar melodia e agressividade sempre em doses corretas e sem exageros. A precisão técnica do baterista Mario Rivera (único membro original remanescente) é de “encher os ouvidos”. Ouça, por exemplo, “Al Pie Del Borde” e veja como sua técnica é capaz de preencher qualquer lacuna.

Muito difícil apontar uma ou outra faixa de destaque, “IDS (Impotencia, dolor y abandono)” tem uma base de teclados bem interessante. “Sentencia de Muerte” é uma aula de riffs de guitarra e até de baixo, originalidade aqui, é palavra obrigatória. “Impulso Terminal” encerra o trabalho com uma levada que vai do Thrash ao punk, mais uma influência que a banda coloca na mesa, com muita agressividade, mesclando com um solo melódico e complexo.

Para aqueles headbangers que querem ouvir coisas que saiam da mesmice, inclusive com o atrativo (ou não) de letras em espanhol, o Centauro é uma excelente pedida. Ouça e comprove!

Mauro Antunes

Compartilhe
Assuntos

Veja também