Metal na Lata

Sweet & Lynch – “Heart & Sacrifice” (2023)

sweet_lynch
Compartilhe

Sweet & Lynch – “Heart & Sacrifice” (2023)

Frontiers Music
#HardRock #HardNHeavy #HeavyMetal

Para fãs de: Stryper, Lynch Mob, Dokken

Texto por João Paulo Gomes

Nota: 6,5

Depois de seis anos Michael Sweet (Stryper) e George Lynch (Dokken, Lynch Mob, Dirty Shirley, The End, KXM) estão de volta com “Heart & Sacrifice”, o terceiro álbum do projeto, e desta vez não contam com Brian Tichy (Whitesnake, Foreigner, The Dead Daisies) na bateria e James LoMenzo (White Lion, Megadeth, Pride & Glory) no baixo, substituídos, respectivamente, por Jelly Cardarelli (Adagio, Lalu) e Alessandro Del Vecchio que, além de tocar, também produz, co-escreve, serve café, frita bolinho, etc.

Brincadeiras à parte, “Heart & Sacrifice” corrige alguns erros de seu antecessor e utiliza as referências das bandas predecessoras dos dois mantendo o mesmo estilo de som presente nos outros álbuns do projeto, mas muitas vezes soa como o novo Stryper só que com outro guitarrista.

Destaque para a música título, “Miracle”, “Where I Have To Go”, “Will It Ever Change”, “It Rains Again” e “Leave It All Behind”.

Não se questiona nem um pouco a competência dos músicos (Lynch é um os grandes “guitar heroes” de sua geração e Sweet não precisa de introdução), mas muitas vezes boas ideias são afugentadas pelo “estilo Frontiers” formulaico de composição de músicas genéricas.

Compartilhe
Assuntos

Veja também