Metal na Lata

Tormentor Bestial: Legado e celebração à família em novo álbum “Eternal Nightmare”

01
Compartilhe

Tormentor Bestial: Legado e celebração à família em novo álbum “Eternal Nightmare”

A banda de Heavy/Thrash Metal TORMENTOR BESTIAL, diretamente de Taubaté/SP, anuncia com entusiasmo o lançamento de seu quinto álbum de estúdio, intitulado “Eternal Nightmare”. Este trabalho destaca-se como um marco no cenário do metal nacional, sendo inteiramente produzido “em família”.

A expressão “em família” reflete a atual formação da banda, composta por parentes diretos, sendo eles: Luiz Amadeus (pai, vocal/guitarra), Pedro Teixeira (filho, vocal/guitarra), Bruno Amadeus (filho, baixo) e Niko Teixeira (filho, bateria).

“Um dos orgulhos que tenho são os meus três filhos se tornarem excelentes músicos e ainda ter o privilégio de tocar com eles. Estamos felizes e entusiasmados com este novo capítulo e esperamos que todos os fãs do metal pesado gostem do nosso som”, comentou Luiz Amadeus.

Niko Teixeira complementou:

Tudo soa perfeito nessa nova fase, desde entrosamentos até ideias. Como somos todos irmãos junto ao nosso pai, não há erro com nada; encaramos tudo com certeza e descontração total. Fazemos o dever de casa direitinho e sem medo. Bom, se não fizermos, a gente fica de castigo (risos). Nossa meta agora é ensaiar muito, nos preparar para shows e montar nossa merchandise, assim começamos do jeito que tem que ser!’

Ouça agora “Eternal Nightmare” em: https://onerpm.link/731581573480

Arte de capa por Fábio Menezes (Inkcreations)
Gravado em Audiolab Extreme Studio, em Taubaté/SP
Produção, mixagem e masterização por Tormentor Bestial 

Desde sua fundação em 2008, por Luiz Amadeus e Niko Teixeira, a banda passou por algumas mudanças de formação, mas sempre buscou criar um Thrash/Heavy Metal pesado e agressivo, incorporando influências que vão do Hard Rock, Heavy Metal Tradicional (NWOBHM) até o agressivo Thrash Metal Oitentista.

Como uma boa família unida que se preze, onde procuram sempre fazer tudo juntos, “Eternal Nightmare” foi logicamente todo composto, gravado e produzido pelo quarteto, em seu próprio estúdio (Audiolab Extreme Studio), e por conta dessa interação mais intimista trouxeram uma abordagem bem diferente dos álbuns anteriores.

Sobre a sonoridade de “Eternal Nightmare”Luiz Amadeus comentou:

“Neste álbum, aprimoramos ainda mais as guitarras, optando por uma bateria com sonoridade mais acústica e pesada, utilizando trigger apenas nos bumbos. As guitarras estão mais densas e bem definidas, enquanto o baixo possui um timbre mais estralado. Nas seções de solos, adotamos uma abordagem inovadora, destacando o baixo e proporcionando uma sensação mais autêntica e próxima de uma performance ao vivo quando a guitarra assume o solo.”

As letras do álbum consistem em 10 faixas baseadas em histórias e contos variados, mantendo-se afastadas de temas políticos. Cada música apresenta uma narrativa distinta, abordando temas que vão desde histórias antigas e terror até críticas sociais, lutas contra vícios, resiliência e corrupção nas religiões. Tudo é escrito de forma conotativa, deixando margem para ambiguidades.

O lançamento de “Eternal Nightmare” não é apenas um marco na trajetória da Tormentor Bestial, mas também um testemunho da união e do espírito familiar que permeia a banda. A colaboração entre pai e filhos não só fortalece os laços pessoais, como também enriquece a música com uma sinergia única. Este álbum é um tributo ao poder da família e à paixão compartilhada pela música, comprovando que, quando se trabalha em harmonia, o resultado é um som autêntico e poderoso que certamente ressoará no cenário do metal nacional com sobras.

Siga as mídias sociais da banda em @tormentorbestial

Assessoria de Imprensa: JZ Press (@jzpressassessoria)

Compartilhe
Assuntos

Veja também