Metal na Lata

Hypocrisy – “The Final Chapter” (1997) (Relançamento 2023)

Hipocrisy_The Final Chapter
Compartilhe

Hypocrisy – “The Final Chapter” (1997) (Relançamento 2023)

Nuclear Blast Records | Shinigami Records
#DeathMetal #MelodicDeathMetal

Para fãs de: At The Gates, Dismember, Entombed

Texto por Lucas David

Nota: 9,0

O Hypocrisy já era uma banda conhecida no meio do metal melódico, tendo lançado quatro álbuns que foram (e ainda são) celebrados pelos fãs até hoje, se mantendo em alta, junto a outras bandas como In Flames e Dismember. Entretanto, o quinto álbum viria com uma surpresa: seria o último lançamento da banda, que encerraria as atividades para que os músicos pudessem focar em outros projetos.

Hoje todos sabem que essa decisão não durou muito tempo, para nossa felicidade. Sendo assim, podemos falar de mais um ótimo disco na carreira dos suecos, “The Final Chapter”. O nome sugestivo trouxe um ar de despedida, porém a música não ficou mais fraca, pelo contrário, a banda realizou um trabalho de primeira, com o som que já havia se tornado característica deles. O álbum abre com “Inseminated Adoption” com guitarras distorcidas e cheias de peso, um solo para chamar a atenção e um ritmo frenético, com a voz de Peter Tägtgren ganhando destaque no meio de toda essa parede sonora.

Na sequência temos “A Coming Race” com uma levada mais lenta com a guitarra e o teclado criando uma ótima atmosfera. Os vocais de Peter aqui soam mais guturais do que rasgados, como visto na música anterior, o que traz um tom de Black Metal Melódico do Dissection. “Dominion” volta à pancadaria do começo, com uma pegada Thrash e vocais raivosos em mais uma faixa excelente. “Through The Window of Time” vai na mesma pegada de “Dominion”, sendo um belo exemplo de como se fazer um Death Metal pesado, rápido e marcante, sendo o destaque do disco.

“Shamateur” retoma a pegada Black Metal novamente, com tudo nos remetendo a Darkthrone, desde os vocais, as passagens, o ritmo da bateria e a atmosfera gélida e ameaçadora. Isso mostra como a banda sempre teve um algo a mais em relação às outras, pois mesmo com diversas influências, eles conseguem imprimir sua marca e serem reconhecidos.

Como dito no início do texto, “The Final Chapter” não foi o último disco da banda, que lançaria trabalhos até hoje. Mesmo com algumas faixas mais mornas, é um disco que não decepciona então a forma certa de ouvi-lo hoje em dia é tratando-o como mais um excelente disco do Hypocrisy.

Compartilhe
Assuntos

Veja também