Metal na Lata

Thunder – “All The Right Noises” (2021)

Thunder
Compartilhe

Thunder“All The Right Noises” (2021)
BMG
#BluesRock, #HardRock

Para fãs de: Led Zeppelin, Bad Company, Rolling Stones

Nota: 9,5

Depois de dissolver o Terraplane na década de 80, Danny Bowes (vocais) e Luke Morley (guitarra, harmônica e vocais de apoio) resolveram criar o Thunder. Trinta anos depois, os dois, junto com Ben Matthews (guitarra, teclados, vocais de apoio), Chris Childs no baixo e Gary “Harry” James na bateria (juntos há mais de vinte e cinco anos) lançam seu décimo terceiro álbum de estúdio mostrando que ainda possuem muita lenha para queimar e música de qualidade para produzir.

Gravado no famoso Rockfield Studios por Nick Brine e Chris Ramsey, produzido por Luke Morley, mixado no The Warehouse em Vancouver por Mike Fraser e masterizado por Ed Woods, “All The Right Noises” possui, além de todos os famosos ingredientes do Thunder, letras críticas e perspicazes que não deixam pedra sobre pedra. Se isso não for o bastante, adicione uma banda incrivelmente afiada, ótima qualidade de som, composições fantásticas e você tem um dos melhores álbuns de uma extensa discografia.

Abrindo os trabalhos temos a fantástica e urgente “Last One Out Turn Off the Lights” com seu riff furioso e incendiário a la Led Zeppelin e seus incríveis metais e vocais de apoio, que alias permeiam grande parte do álbum. Enérgico, esse puro Blues Rock é uma celebração que nos atinge em cheio e dita o ritmo do álbum com sua letra sobre o “Brexit”. Por falar em letras, “Destruction” é uma música dolorosamente poderosa que disserta sobre doenças mentais e depressão que atingiram em cheio a família de Morley, “Force of Nature” divaga sobre a mente de Donald Trump e seu culto ao ego, “Don’t Forget To Live Before You Die” é sobre não desperdiçar a vida (Carpe Diem) e “St. George’s Day” sobre a imigração e a intolerância.

Mas o álbum não para por aí. Testemunhe a contagiante “Young Man”, a insanamente cativante e “stoneana” “You’re Gonna Be My Girl”, a setentona “She’s A Millionairess”, os metais da quase “acdciana” “Going To Sin City”, a belíssima, musical e liricamente, “I’ll Be The One” ou a vibe “Wanted Dead Or Alive” de “The Smoking Gun” (outra “homenagem” a Donald Trump)..

Sem revolucionar o gênero, “All The Right Noises” é o um tour de force de Blues Rock que faz o Thunder soar fresco, afiado e energizado em composições excepcionalmente bem trabalhadas.

Elegante. Consistente. Honesto. Encantador. Um dos melhores álbuns da sua carreira!

OBS.: O CD saiu em três versões: capa amarela (simples), azul (duplo) e vermelha (triplo).

João Paulo Gomes

Patrocinadores Metal Na Lata:

Compartilhe
Assuntos

Veja também